Não foram encontrados eventos

Seixal, 27 de Outubro de 2020

Eu, Élio Silva Santos, presidente em funções da mesa da assembleia geral da ASSP, informo o seguinte:

Devido ás medidas restritivas de circulação impostas pelo governo e publicadas em comunicado de conselho de ministros de 22 de outubro de 2020, no portal do governo, o qual pode ser consultado no endereço https://www.portugal.gov.pt/pt/gc22/governo/comunicado-de-conselho-de-ministros?i=376  assim como, os indicadores oficiais da situação epidemiológica a nível nacional, deixam antever que o estado de calamidade irá durar por um tempo previsivelmente mais prolongado, sendo uma incógnita a data do fim do mesmo. Com a consciência plena que tenho relativamente ao estado do sector da segurança privada em Portugal, torna-se urgente colocar esta associação sindical a laboral em pleno, a fim de defender os interesses dos seus associados. Sendo assim,  vem esta assembleia geral em funções, informar os estimados associados das seguintes decisões:


1º - O ato eleitoral previsto irá ser adiado para o dia 9 de Novembro das 09h30 as 12h00.

2 º - Fica anulada a realização do voto presencial. Apenas será possível votar através de voto por correspondência.

3º - Os votos por correspondência podem ser enviados pelos associados ate ao dia 6 de Novembro até as 14h00 

Esta AG dá oportunidade a todos os seus associados  de exercer o seu direito de votar e nesse sentido apelamos a todos  que exerçam o seu voto, não deixe de votar é importante exercer esse direito.

4º - Na contagem dos votos, apenas poderão estar presentes presencialmente, e com as devidas medidas de segurança sanitária em vigor acauteladas, os seguintes elementos:

- Os Membros da Assembleia Geral em funções

- Os mandatários de cada lista.

Caso os elementos acima citados estejam impossibilitados de se deslocarem, podem delegar o poder para o referido efeito, em outro elemento, desde que o mesmo não esteja em conflito com os estatutos da ASSP e demais lei geral. O elemento delegado, deverá fazer-se acompanhar de declaração em papel, assinada pelo mandatário que delega o poder, assim como terá de ser enviado para os endereços eletrónicos disponibilizados, o referido documento em suporte digital. Os casos omissos e sem enquadramento legal serão decididos por esta Assembleia Geral.

                                                   O Presidente da Mesa da Assembleia Geral 


                                                              Élio Silva Santos