Não foram encontrados eventos

Screenshot 2020 03 12 Coronavírus COVID 19

Uma ação de fiscalização da atividade de segurança privada, levada a cabo pela PSP no hipódromo Manuel Possolo, em Cascais, onde decorre a 15ª edição do festival EDP Cool Jazz, culminou na detenção de um homem, de 35 anos, e de uma jovem, de 18, por suspeita da prática do crime de exercício ilícito de segurança privada.

A operação, lançada pelo Núcleo de Segurança Privada, sediado no Comando Metropolitano da PSP de Lisboa (Cometlis), teve lugar na quarta-feira, à noite - dia em que atuaram no festival David Byrne, Sara Tavares e Jéssica Pina.

Durante a ação policial, que a PSP apenas anuncia ter decorrido num “recinto de espetáculos”, mas que Cascais24 apurou tratar-se do hipódromo Manuel Possolo, palco da 15ª. EDPCoolJazz, os polícias verificaram que dois cidadãos estavam a desempenhar funções típicas de assistente de recinto de espetáculos, as quais só podem ser desempenhadas por pessoal devidamente habilitado com cartão profissional emitido pela Direção Nacional da PSP”.

Nem o homem, de 35 anos, nem a jovem, de 18 anos, possuíam qualquer cartão profissional que os habilitasse ao exercício da atividade que estariam a desenvolver no recinto.

Os dois, depois de devidamente identificados e constituídos arguidos, com Termo de Identidade e Residência (TIR), foram notificados para comparecer esta segunda-feira na Instância Local – Secção de Pequena Criminalidade do Ministério Público de Cascais, tendo o processo baixado a inquérito.